Resenha: Muito mais que o acaso


Resultado de imagem para muito mais que o acaso
"Victor é um garoto comum. Estudante de escola pública, ele adora jogar futebol e sonha em proporcionar um futuro melhor para a mãe e para a irmã. Tudo o que ele precisava era de uma oportunidade para que os seus sonhos se tornassem realidade.
O empurrãozinho do destino chega quando Victor ganha uma bolsa de estudos no melhor colégio de São Paulo, graças ao seu talento no futebol.
Perdido em um ambiente completamente novo e muito distante da realidade de sua vida, ele encontra refúgio entre os novos amigos e nos olhos claros de uma garota chamada Sophia, capaz de fazê-lo se sentir parte daquele mundo.
Quando a dificuldade de conciliar estudo, trabalho e treinos de futebol começa a cobrar seu peso, as pessoas menos receptivas do que parecem e, para coroar, a mãe de Sophia decide dar um basta no relacionamento dos dois, Victor percebe que vai precisar de muita garra e perseverança para vencer o preconceito e a discriminação e provar que o valor de uma pessoa não é medido por sua origem, mas por suas ações."


Oooii, tudo bem com vocês??? Ai que saudade de escrever aqui!!!! <3 <3
Ando sempre atolada de coisas da faculdade, mas finalmente consegui um tempinho para ler e postar aqui uma resenha.
O livro de hoje é Muito mais que o Acaso do autor Athos Briones, que foi lançado na Bienal do Livro desse ano. É seu livro de estréia e olha, ele chegou arrasando!
Vamos acompanhar a história do Victor, um garoto de classe média que conseguiu estudar na melhor escola de São Paulo graças à uma bolsa de estudos conquistada por ser um craque do futebol.
A mudança não é fácil, já é ruim mudar de escola no meio do ano, ainda pior é ir para uma em que as pessoas são completamente diferentes de você, fazendo você se sentir mais ainda um peixe fora d'água. Ainda mais que o Victor era amigo de todos na sua antiga escola, sempre muito receptivo e caloroso.
Os dias seriam bem mais difíceis se ele não tivesse encontrado pessoas tão legais no meio de tanta gente esnobe. E gente, um dos pontos fortes nesse livro é a demonstração de amizade e carinho por todos na vida do Victor.
O grupo LeoMaVi (como é chamado o grupo composto pelo Victor, Leo e Matheus, criado no Whatsapp pelos meninos) me arrancou risadas em praticamente todas as conversas. Os meninos são muito divertidos e alto astral, e olha que eu achei que o Matheus ia ser um dos garotos metidos quando ele apareceu, mas me enganei feio.
Outro ponto forte, e acho que o principal da história, é o preconceito. A cada capítulo é uma lição nova que aprendemos não só com o preconceito sofrido pelo Victor, mas pelas pessoas ao seu redor também. E apesar dessa ser apenas uma história, é a realidade de muita gente por aí, já que infelizmente, o preconceito ainda é grande na nossa sociedade. Se tem uma coisa que me tira do sério, é preconceito!
Não consigo entender essa ideia de superioridade que algumas pessoas tem e que insistem em impor sobre as outras. Ninguém é melhor do que ninguém, todos temos o direito de sermos diferentes e não tem nada de errado em ser pobre, rico, negro, branco, gay, hétero, bi etc, etc.
O livro, apesar de tratar de um tema super importante, é leve e flui muito bem, tanto que terminei ele no mesmo dia em que comecei. A Sophia e o Victor são muito fofos juntos e as partidas de futebol são emocionantes!
Adorei encontrar referências de Arrow, Flash, Justin Bieber <3 Acho que essa coisas fazem eu me sentir mais próxima dos personagens, é muito legal saber que eles tem os mesmos gostos que você, e que vocês poderiam passar horas comentando sobre as séries que assistem.
Como eu disse no começo, Athos chegou arrasando na sua estréia e recomendo muito esse livro pela mensagem que ele traz. O mundo precisa de mais amor e respeito!
Desejo muito sucesso ao Athos e já estou aguardando o próximo livro, espero que ele não pare por aí!!
Beijinhos e até a próxima!
                                                                                                                              -Fê.