TAG: LIVROS DE CHOCOLATE



Livros citados no vídeo:

Comprar: Saraiva                                                                             
















Comprar: Saraiva
















Comprar: Saraiva



















Comprar: Saraiva

















Onde Comprar: Saraiva

  Onde Comprar: Saraiva




















Onde comprar: Saraiva

















Onde comprar: Saraiva
















Onde comprar: Saraiva










Onde comprar: Saraiva

  Onde Comprar: Saraiva




















Onde comprar: Saraiva

Onde comprar: Saraiva



















Onde comprar: Saraiva













Onde comprar: Saraiva


Resenha: Apaixonada por histórias

"A lembrança daquele dia ainda hoje traz muita alegria e saudade." 
Amor de fã - Apaixonada por histórias.


Introdução:

Oiiiii!!!!!! É com muita alegria e nostalgia, que eu dou inicio a essa resenha. O livro apaixonada por histórias, era muito aguardado por mim, desde que eu devorei, em poucas horas, o livro Apaixonada por palavras (também conhecido como App). Foi no lançamento de App em que eu finalmente tive a oportunidade de conhecer, pessoalmente, a escritora Paula Pimenta. Aquele dia foi indescritível, pois eu já acompanhava a carreira da Paula através dos livros, blogs, do orkut (sim, é um amor bem antigo, mas duradouro), e através da minha amiga que foi a pessoa que me apresentou os livros da autora. Porém, foi só no lançamento de Apaixonada por palavras, que eu finalmente a vi com os meus próprios olhos. Acho que já da para imaginar o apego que eu criei com App. Por isso, não tenho vergonha em admitir, que fui uma das pessoas que lotaram a caixa de E-mails da Paula, pedindo mais um livro de crônicas (desculpe por isso, Paula!). E agora, para a alegria de todas as pimentinhas, o livro saiu!!!!!! 


Resenha:

Apaixonada por histórias está muito apaixonante. Nesse livro, assim como em App, a protagonista é a própria Paula. São cinquenta e cinco crônicas, muito fofas, onde a autora narra situações comuns do cotidiano, com muita doçura. O que mais me encantou foi a naturalidade que as crônicas foram escritas. Já tive o desprazer de ler alguns livros dessa temática, onde os autores "forçavam certos climas", para dar sentido aos seus pensamentos. Felizmente isso não acontece em Apaixonada por histórias. Muito pelo contrario. Fui agraciada com ótimos momentos de diversão, reflexão, suspiros e muito mais! O livro possui uma linguagem leve, prazerosa e gostosa. As doces palavras da Paula tornam o texto muito magico. Achei bem bacana a forma que a autora conta as diversas situações vivenciadas por ela. Sou uma fiel leitora, dos atuais sites, em que a Paula é colunista. Nem preciso falar que adorei reler varias das crônicas que ela publicou no site do jornal O Tempo.
É bem difícil selecionar as crônicas que eu mais gostei. Todas chamaram a minha atenção por uma característica diferente. Vou citar apenas três delas, pois foram as que eu mais fechei os olhos, balancei a cabeça e pensei: "isso é tão eu!".  
  1. A Menina e o Luar: Nessa crônica podemos literalmente sentir, a forte ligação que existe entre o dono e o animal de estimação. Eu tinha uma cachorra que era a minha amigona. Infelizmente não estamos mais juntas :'(
  2. Afinando o ouvido: Me identifiquei com essa crônica, pois sou muito musical e adoro fazer uma verdadeira analise das musicas que escuto. 
  3. Baratas: Amei descobrir os "crimes" da Paula. Também sento na ultima fileira da sala de aula, e adoro umas travessuras! 
Apaixonada por histórias é aquele tipico livro para se ler antes de dormir. A leitura dele te faz relaxar e suspirar a cada pagina. Eu até tentei enrolar para o livro durar mais tempo, porém, isso não deu nada certo. Ainda quero descobrir o feitiço que a Paula coloca em seus livros, para deixa-los tão mágicos!
Homenagem: "Apaixonada por esses livros"

Como disse na introdução, esse livro foi muito esperado por mim. Quando a autora postou a capa dele pelas redes sociais, um filme começou a rodar na minha cabeça, do dia em que eu a conheci, no lançamento de Apaixonada por palavras. Aquele dia foi perfeito do inicio ao fim. Fui vê-la outras vezes em outros lançamentos, mas nunca vou esquecer o primeiro doce olhar, que a Paula dirigiu na minha direção. Por causa disso, resolvi fazer uma homenagem a aquele dia, e tentei mostrar todo o carinho que sinto por App e Aph. Confira o vídeo logo abaixo:

Obs: Todos os trechos e citações desse vídeo, foram retirados dos livros Apaixonada por palavras e Apaixonada por histórias.


Beijinhos!
-Tink




Resenha: A Namorada do meu Amigo



"Quando voltou das férias de verão, Cadu não imaginava a confusão em que sua vida se transformaria. Era para ser um ano normal, mas ele entrou em uma enrascada e está correndo o risco de perder a amizade do cara mais legal do mundo. O que fazer quando a namorada do seu amigo vira uma obsessão para você?

Os churrascos da turma talvez ajudem a esquecer Juliana, e, se depender do esforço do divertido Caveira, não faltarão garotas gente boa para preencher o coração de Cadu. Mas não adianta forçar... Quem consegue mandar no coração?
Alice, a irmã de Beto, é só mais uma das dores de cabeça que Cadu tem que enfrentar. A vida inventa cada cilada!"

Oiii!! Espero que vocês estejam bem, porque eu estou com minhas emoções abaladas. Acabei de ler A Namorada do Meu Amigo e lágrimas estão brotando em meu olhos, mas de felicidade.
O livro foi simplesmente perfeito, me arrependo muito por não ter conseguido aproveitá-lo mais e ter terminado antes, pois estou em época de provas e estudando para o Enem, então quase não tenho mais tempo para as minhas leituras.
A Namorada do Meu Amigo pode ser um romance, mas eu tenho que ressaltar o que realmente marcou esse livro(na minha opinião): a amizade.
A amizade entre o Cadu, Caveira e Beto é tão bonita e forte, que para mim acabou superando até o amor do Cadu pela Juju.
Passei o livro todo dividida entre torcer pelos dois e torcer pela amizade do Cadu e do Beto.
Os últimos capítulos me deixaram apreensiva, mas fiquei muito feliz com o final. Queria tanto contar o por quê, mas seria spoiler então deixa quieto.
Amei todos os personagens, até a Alice que eu pensei que fosse odiar kkkkkk Ela acabou se mostrando uma personagem muito legal.
Deixando de lado os momentos fofos e engraçados da história, vemos um dilema muito grande: Lutar pelo seu amor e perder um melhor amigo de anos, ou preservar a amizade e perder o seu amor.
É tão desesperador, que às vezes eu queria sentar e chorar junto com o Cadu. Está aí uma situação que eu nunca passei, e espero nunca passar.
Nossa primeira reação ao se deparar com uma situação dessa, é julgar a pessoa, eu mesma faria isso, mas depois de ler a história comecei a me por no lugar do Cadu. Não escolhemos por quem nos apaixonamos, e tudo bem que é uma baita falta de sorte se apaixonar justo pela(o) namorada(o) do(a) seu(ua) amigo(a), mas não temos culpa.
Gostaria de dar os parabéns para a Graciela Mayrink, autora dessa história fantástica, que soube retratar brilhantemente uma situação tão complicada, sabendo dosar o drama e a comédia.
Recomendo muito A Namorada do Meu Amigo e Até eu te Encontrar, os dois livros da autora que também já tem resenha aqui no blog.
Muito obrigada pelas histórias maravilhosas, por ser super fofa com os fãs e pelos autógrafos na Bienal. Espero te reencontrar em breve!!!!
Beijinhos e até a próxima.
                                                                                                                          -Fê.

Resenha: Perversas



"Nenhum mal ficará impune.
Agora que o assassino de Ali está atrás das grades, a vida em Rosewood parece ter voltado ao normal. Mas essas belas mentirosas deveriam saber que quem esquece o passado está condenado a repetir seus erros. Ainda bem que continuo aqui para lembrá-las...
                                                                                                              -A."
Se vocês acharam que -A tinha ido embora para sempre, vocês estavam muito enganados. E as meninas também.
Novas mensagens chegam e elas ficam dividas entre pensar que é um garoto que não tem o que fazer e resolveu se divertir fingindo ser -A, ou se na verdade o autor das mensagens é o então assassino da Ali, revelado no livro anterior.
Como elas continuam gostando de fingir que nada está acontecendo, elas preferem acreditar que não passa de um imitador barato querendo assustá-las. E como sempre, apenas Spencer está levando a situação a sério e tenta a todo custo descobrir quem está por trás disso, ao mesmo tempo em que tenta entender o que está acontecendo com sua família e o porquê deles a desprezarem.
Emily uma hora gosta de meninas, outra de meninos( sério mulher, se decide ¬¬). Aria está interessada no namorado da mãe, o que me irritou completamente. Hanna continua extremamente obcecada em ser fabulosa e acaba magoando quem realmente se importa com ela e isso realmente me tira do sério.
As emoções continuam fortes nesse livro. Quem será o novo -A??? O assassino de Ali é mesmo quem a polícia acredita ser???
O livro termina com mais uma cena chocante, que não vou contar para vocês, obviamente! kkkkkkkk
#RumoAoSextoLivro
Beijinhos e até a próxima.
                                                                                                           -Fê.