Resenha: O Lado mais Sombrio



"O Coelho Branco, o Chapeleiro Maluco, o Gato, a Lagarta, a Rainha de Copas...

Todos eles estão de volta, e desta vez o assunto é sério. Alyssa precisa enfrentá-los para salvar as mulheres da sua família de uma terrível maldição. Neste romance fantástico e surpreendente, a realidade pode ser muito mais perturbadora do que os sonhos."

Oiee, como vocês estão? Preparados para a resenha de hoje? Então aqui vai!

Quando eu olhei para essa capa eu pensei: "Eu preciso desse livro!", porque fala sério, essa capa é de babar!! Então fui ler a resenha e minha vontade de tê-lo não passou mesmo a estória envolvendo o País das Maravilhas que confesso, não é minha estória preferida. Quando eu li pela primeira vez(aqueles conjuntos com clássicos sabem? quem nunca kkkk)achei legal,mas um tanto confuso. Então vi o filme da Disney e achei um caos só. Tudo bem que eu era criança, mas até hoje ainda não me encanto muito por essa loucura do País das Maravilhas. A versão que eu mais gostei até agora foi a última com o Johnny Depp(lindo, te amo <3 ).
Mas comecei o livro sem preconceitos e esperando uma hiper mega aventura, e realmente tive isso. Apesar de todas as maluquices que eu não gosto no PdM e de um ponto que eu preciso desabafar aqui, o livro foi ótimo.
O ponto é: TRIÂNGULO AMORO. EU AINDA NÃO SEI POR QUE DIABOS AS PESSOAS SISMAM EM COLOCAR TRIÂNGULOS AMOROSOS EM SEUS LIVROS! É UM PORRE! UM P-O-R-R-E! EU DEMOREI BEM MAIS PARA TERMINAR O LIVRO JUSTAMENTE PORQUE NÃO TINHA VONTADE DE LÊ-LO E SABEM POR QUE? POR QUE A CADA CAPÍTULO QUE EU LIA A ALYSSA FICAVA DIVIDIDA ENTRE O JEB E O MORFEU.
Sério gente, o livro foi muito cansativo nessas partes, e o final só indica que nos próximos livros o triângulo continua firme e forte, estou pensando seriamente se irei comprá-los porque eu realmente não tenho mais paciência para essas coisas. Já deu o que tinha que dar, e o livro perdeu muitos pontos comigo por causa disso.
Bom, pra quem não se importa com triângulos, eu super recomendo o livro, agora para quem se importa, eu já recomendo pensar um pouco, porque o triângulo é muito presente no livro.
Beijinhos e até a próxima.
                                                                                                                       -Fê.

Resenha: Inacreditáveis


"Quem sou eu? Quem matou Alison? Seria bom que elas parassem de procurar respostas para essas perguntas. Não gosto que me ameacem...
E eu já mostrei que sou um perigo. É bom que elas tenham muito medo de mim. E dos segredos que posso e estou morrendo de vontade de contar.                                                                                                -A."

Geeenteeeeeee! Que livro é esse? Já deixo avisado, o quarto livro da série PROMETE.
Bom, eu já sabia mais ou menos o que ia acontecer por causa de spoilers e da série, mas não tirou a emoção dos acontecimentos.
Durante todo o livro, continuamos acompanhando a vida das meninas que fica cada vez mais desastrosa com as mensagens de -A.
Minha opinião sobre as meninas mudou bastante no decorrer do terceiro e quarto livro. É incrível como a personalidade delas é diferente no livro e na série, e sinceramente, eu prefiro a série nesse ponto.
Uma coisa que vem me irritando muito, é que elas acham que se não pensarem em -A e nas suas mensagens, -A vai desaparecer da vida delas, só que não é assim que as coisas funcionam. Elas só estão empenhadas em resolver seus problemas que na minha opinião são fúteis. A única que realmente se importa em descobrir quem é -A e em saber como acabar logo com isso é a Spencer, e olha que ela tem problemas muito mais sérios do que as outras.
A emoção mesmo só acontece no final do livro. Finalmente descobrimos quem é -A (quem ainda não sabe pode implorar, mas não vou contar quem é MUAHAHAHA), e quando você chega na última página, tudo o que você pensa é: " Como assim? Preciso o próximo livro para ontem! "
E realmente, se eu não tivesse acabado de ler esse livro quase meia-noite, eu teria começado o próximo no mesmo dia kkkkkkk.
Muitas surpresas ainda nos aguardam e os segredos estão longe de terminar.
Beijinhos e até a próxima!
                                                                                                               -Fê.

Série: Gossip Girl

Oiee, tudo bem? Como eu anunciei a um tempo na página Chuva, coberta e livros no Facebook, teríamos uma novidade no blog, e a novidade é que vamos começar a falar sobre séries.
E para estrear esse tema, vou começar falando sobre essa série que é meu xodó e que sinto muuuuuita saudade: Gossip Girl.


"A série, sobre jovens estudantes de escolas de elite no bairro Upper East Side, segue Serena van der Woodsen a partir do seu retorno à cidade após fugir e ter se mantido fora do alcance de amigos e conhecidos."

A série estreou em 2007 e terminou para a minha tristeza em 2012. Foi inspirada nos livros de mesmo nome da autora Cecily von Ziegesar e teve seis maravilhosas temporadas.
O enredo é sobre a elite do Upper East Side, um bando de riquinhos mimados que desfrutam de festas e muito luxo. Tudo isso claro, regado a segredos, traições, intrigas e muitas disputas influenciadas pela Gossip Girl uma garota, ou garoto (não vou contar muahahahhaha) que criou um blog (Gossip Girl) justamente para divulgar esse lado sórdido da vida glamourosa dessas pessoas.
Tudo começa com a volta de Serena van der Woodsen para Manhattan, depois de desaparecer sem dar nenhuma explicação a ninguém, apenas sua família sabia onde ela estava e o porque foi embora. A partir daí muitas coisas acontecem ainda mais que agora Serena é vista como um perigo à Blair sua ex-melhor amiga. Além de acompanharmos a vida desse grupinho de amigos( e inimigos em alguns momentos ) vamos ao longo das temporadas, tentando descobrir quem é Gossip Girl.


Eu particularmente sou APAIXONADA pela Blair, Chuck e Nate, são sem dúvida meus preferidos na série. Nate por ser um fofo, Blair por ser a Queen B DIVA e Chuck por ser aquele badboy fabuloso. Não costumo gostar muito de badboy's mas Chuck é uma exceção.

 
 
 

Então é isso gente espero que tenham gostado do primeiro post sobre séries. Deixem nos comentários as séries que vocês assistem para eu assistir também :)
Beijinhos e até a próxima!!
                                                                                                                         Fê.

TAG: LIVROS DE CHOCOLATE



Livros citados no vídeo:

Comprar: Saraiva                                                                             
















Comprar: Saraiva
















Comprar: Saraiva



















Comprar: Saraiva

















Onde Comprar: Saraiva

  Onde Comprar: Saraiva




















Onde comprar: Saraiva

















Onde comprar: Saraiva
















Onde comprar: Saraiva










Onde comprar: Saraiva

  Onde Comprar: Saraiva




















Onde comprar: Saraiva

Onde comprar: Saraiva



















Onde comprar: Saraiva













Onde comprar: Saraiva


Resenha: Apaixonada por histórias

"A lembrança daquele dia ainda hoje traz muita alegria e saudade." 
Amor de fã - Apaixonada por histórias.


Introdução:

Oiiiii!!!!!! É com muita alegria e nostalgia, que eu dou inicio a essa resenha. O livro apaixonada por histórias, era muito aguardado por mim, desde que eu devorei, em poucas horas, o livro Apaixonada por palavras (também conhecido como App). Foi no lançamento de App em que eu finalmente tive a oportunidade de conhecer, pessoalmente, a escritora Paula Pimenta. Aquele dia foi indescritível, pois eu já acompanhava a carreira da Paula através dos livros, blogs, do orkut (sim, é um amor bem antigo, mas duradouro), e através da minha amiga que foi a pessoa que me apresentou os livros da autora. Porém, foi só no lançamento de Apaixonada por palavras, que eu finalmente a vi com os meus próprios olhos. Acho que já da para imaginar o apego que eu criei com App. Por isso, não tenho vergonha em admitir, que fui uma das pessoas que lotaram a caixa de E-mails da Paula, pedindo mais um livro de crônicas (desculpe por isso, Paula!). E agora, para a alegria de todas as pimentinhas, o livro saiu!!!!!! 


Resenha:

Apaixonada por histórias está muito apaixonante. Nesse livro, assim como em App, a protagonista é a própria Paula. São cinquenta e cinco crônicas, muito fofas, onde a autora narra situações comuns do cotidiano, com muita doçura. O que mais me encantou foi a naturalidade que as crônicas foram escritas. Já tive o desprazer de ler alguns livros dessa temática, onde os autores "forçavam certos climas", para dar sentido aos seus pensamentos. Felizmente isso não acontece em Apaixonada por histórias. Muito pelo contrario. Fui agraciada com ótimos momentos de diversão, reflexão, suspiros e muito mais! O livro possui uma linguagem leve, prazerosa e gostosa. As doces palavras da Paula tornam o texto muito magico. Achei bem bacana a forma que a autora conta as diversas situações vivenciadas por ela. Sou uma fiel leitora, dos atuais sites, em que a Paula é colunista. Nem preciso falar que adorei reler varias das crônicas que ela publicou no site do jornal O Tempo.
É bem difícil selecionar as crônicas que eu mais gostei. Todas chamaram a minha atenção por uma característica diferente. Vou citar apenas três delas, pois foram as que eu mais fechei os olhos, balancei a cabeça e pensei: "isso é tão eu!".  
  1. A Menina e o Luar: Nessa crônica podemos literalmente sentir, a forte ligação que existe entre o dono e o animal de estimação. Eu tinha uma cachorra que era a minha amigona. Infelizmente não estamos mais juntas :'(
  2. Afinando o ouvido: Me identifiquei com essa crônica, pois sou muito musical e adoro fazer uma verdadeira analise das musicas que escuto. 
  3. Baratas: Amei descobrir os "crimes" da Paula. Também sento na ultima fileira da sala de aula, e adoro umas travessuras! 
Apaixonada por histórias é aquele tipico livro para se ler antes de dormir. A leitura dele te faz relaxar e suspirar a cada pagina. Eu até tentei enrolar para o livro durar mais tempo, porém, isso não deu nada certo. Ainda quero descobrir o feitiço que a Paula coloca em seus livros, para deixa-los tão mágicos!
Homenagem: "Apaixonada por esses livros"

Como disse na introdução, esse livro foi muito esperado por mim. Quando a autora postou a capa dele pelas redes sociais, um filme começou a rodar na minha cabeça, do dia em que eu a conheci, no lançamento de Apaixonada por palavras. Aquele dia foi perfeito do inicio ao fim. Fui vê-la outras vezes em outros lançamentos, mas nunca vou esquecer o primeiro doce olhar, que a Paula dirigiu na minha direção. Por causa disso, resolvi fazer uma homenagem a aquele dia, e tentei mostrar todo o carinho que sinto por App e Aph. Confira o vídeo logo abaixo:

Obs: Todos os trechos e citações desse vídeo, foram retirados dos livros Apaixonada por palavras e Apaixonada por histórias.


Beijinhos!
-Tink




Resenha: A Namorada do meu Amigo



"Quando voltou das férias de verão, Cadu não imaginava a confusão em que sua vida se transformaria. Era para ser um ano normal, mas ele entrou em uma enrascada e está correndo o risco de perder a amizade do cara mais legal do mundo. O que fazer quando a namorada do seu amigo vira uma obsessão para você?

Os churrascos da turma talvez ajudem a esquecer Juliana, e, se depender do esforço do divertido Caveira, não faltarão garotas gente boa para preencher o coração de Cadu. Mas não adianta forçar... Quem consegue mandar no coração?
Alice, a irmã de Beto, é só mais uma das dores de cabeça que Cadu tem que enfrentar. A vida inventa cada cilada!"

Oiii!! Espero que vocês estejam bem, porque eu estou com minhas emoções abaladas. Acabei de ler A Namorada do Meu Amigo e lágrimas estão brotando em meu olhos, mas de felicidade.
O livro foi simplesmente perfeito, me arrependo muito por não ter conseguido aproveitá-lo mais e ter terminado antes, pois estou em época de provas e estudando para o Enem, então quase não tenho mais tempo para as minhas leituras.
A Namorada do Meu Amigo pode ser um romance, mas eu tenho que ressaltar o que realmente marcou esse livro(na minha opinião): a amizade.
A amizade entre o Cadu, Caveira e Beto é tão bonita e forte, que para mim acabou superando até o amor do Cadu pela Juju.
Passei o livro todo dividida entre torcer pelos dois e torcer pela amizade do Cadu e do Beto.
Os últimos capítulos me deixaram apreensiva, mas fiquei muito feliz com o final. Queria tanto contar o por quê, mas seria spoiler então deixa quieto.
Amei todos os personagens, até a Alice que eu pensei que fosse odiar kkkkkk Ela acabou se mostrando uma personagem muito legal.
Deixando de lado os momentos fofos e engraçados da história, vemos um dilema muito grande: Lutar pelo seu amor e perder um melhor amigo de anos, ou preservar a amizade e perder o seu amor.
É tão desesperador, que às vezes eu queria sentar e chorar junto com o Cadu. Está aí uma situação que eu nunca passei, e espero nunca passar.
Nossa primeira reação ao se deparar com uma situação dessa, é julgar a pessoa, eu mesma faria isso, mas depois de ler a história comecei a me por no lugar do Cadu. Não escolhemos por quem nos apaixonamos, e tudo bem que é uma baita falta de sorte se apaixonar justo pela(o) namorada(o) do(a) seu(ua) amigo(a), mas não temos culpa.
Gostaria de dar os parabéns para a Graciela Mayrink, autora dessa história fantástica, que soube retratar brilhantemente uma situação tão complicada, sabendo dosar o drama e a comédia.
Recomendo muito A Namorada do Meu Amigo e Até eu te Encontrar, os dois livros da autora que também já tem resenha aqui no blog.
Muito obrigada pelas histórias maravilhosas, por ser super fofa com os fãs e pelos autógrafos na Bienal. Espero te reencontrar em breve!!!!
Beijinhos e até a próxima.
                                                                                                                          -Fê.

Resenha: Perversas



"Nenhum mal ficará impune.
Agora que o assassino de Ali está atrás das grades, a vida em Rosewood parece ter voltado ao normal. Mas essas belas mentirosas deveriam saber que quem esquece o passado está condenado a repetir seus erros. Ainda bem que continuo aqui para lembrá-las...
                                                                                                              -A."
Se vocês acharam que -A tinha ido embora para sempre, vocês estavam muito enganados. E as meninas também.
Novas mensagens chegam e elas ficam dividas entre pensar que é um garoto que não tem o que fazer e resolveu se divertir fingindo ser -A, ou se na verdade o autor das mensagens é o então assassino da Ali, revelado no livro anterior.
Como elas continuam gostando de fingir que nada está acontecendo, elas preferem acreditar que não passa de um imitador barato querendo assustá-las. E como sempre, apenas Spencer está levando a situação a sério e tenta a todo custo descobrir quem está por trás disso, ao mesmo tempo em que tenta entender o que está acontecendo com sua família e o porquê deles a desprezarem.
Emily uma hora gosta de meninas, outra de meninos( sério mulher, se decide ¬¬). Aria está interessada no namorado da mãe, o que me irritou completamente. Hanna continua extremamente obcecada em ser fabulosa e acaba magoando quem realmente se importa com ela e isso realmente me tira do sério.
As emoções continuam fortes nesse livro. Quem será o novo -A??? O assassino de Ali é mesmo quem a polícia acredita ser???
O livro termina com mais uma cena chocante, que não vou contar para vocês, obviamente! kkkkkkkk
#RumoAoSextoLivro
Beijinhos e até a próxima.
                                                                                                           -Fê.

Resenha: Perfeitas



"Sorte a minha. Eu sei mais sobre essas meninas do que elas conhecem umas das outras. Mas como é difícil guardar segredo. E mais difícil ainda guardar vários segredos... melhor que elas façam exatamente o que eu digo... ou então, ninguém sabe o que poderá acontecer...
                                                                           -A."

Olá!!! Preparados para mais uma resenha? Então aqui vai!
Perfeitas é o terceiro livro da série Pretty Little Liars da Sara Shepard. Até agora esse foi o que me deixou mais nervosa por conta dos acontecimentos. Coisas que eu não lembrava e que não aconteceram na série estavam neste livro, então esse foi o que me causou mais agitação.

Eu amo de paixão a Aria, mas não fiquei com pena pelo que aconteceu com ela neste livro, sei lá, achei as atitudes dela meio idiotas, e estou começando a ficar em dúvida se a Aria da série é mais legal, ou se ela sempre foi assim e eu só estou percebendo agora.....
Eu adoro a Hanna e fiquei feliz e apreensiva pelas coisas que aconteceram com ela, queria poder explicar mais, mas tenho medo de dar spoiler então vou deixar assim mesmo kkkkk.
Uma coisa que eu percebi também é que diferente da série, nos livros a gente descobre mais sobre a ligação da Spencer com o desaparecimento da Ali mais cedo. Isso aparece já no terceiro livro, enquanto na série vemos isso apenas na quarta temporada eu acho....
E Emily.... Sem comentários! Gente que menina chata. Além de ela me irritar por ser simplesmente chata, sem sal e sonsa ela me irrita por gostar do cheiro que a Maya tem. Acho supernormal você gostar do cheiro de uma pessoa, só que neste caso não é um simples cheiro. É cheiro de chiclete de banana. CHICLETE DE BANANA. C-H-I-C-L-E-T-E  D-E  B-A-N-A-N-A. Desculpem mas não consigo imaginar um cheiro nem um gosto bom para chiclete de banana.
Perdoem o desabado kkkkkkk.

Vou começar imediatamente Inacreditáveis, quarto livro da série. Pois o jeito que Perfeitas acabou foi simplesmente de fazer qualquer um surtar!!!!!
Beijinhos e até a próxima!
                                                                                                                                  -Fê.

Resenha: O Sangue do Olimpo


"Depois de enfrentarem as mais penosas missões, Percy Jackson e os outros tripulantes do Argo II ainda precisam encarar a pior delas: chegar a Atenas a tempo de impedir que Gaia, a Mãe Terra, desperte. Neste último volume da série Os Heróis do Olimpo, a Atena Partenos irá para oeste, enquanto o Argo II seguirá para leste. Os deuses, ainda sofrendo com a dupla personalidade, não podem ajudar. Como os semideuses conseguirão vencer sozinhos um exército de gigantes e impedir uma guerra ente os acampamentos? A viagem para Atenas é perigosa, mas não há outra opção. Eles já sacrificaram muito para chegar aonde estão. E, se Gaia despertar, será o fim." 

Oi gente, tudo bem? Essa resenha vai ser realmente difícil de fazer pois, ao mesmo tempo que vai me ajudar a desabafar, vou ter que tentar fazer isso sem dar spoiler. E eu nem comecei a resenha e já estou com vontade de chorar, e por um motivo muito simples: O Sangue do Olimpo é o último livro da saga que eu tanto amo e que acompanho a quatro anos.
Eu estava morrendo de ansiedade, não via a hora do livro ser lançado e tê-lo em minhas mãos, tanto que quando ele chegou eu larguei tudo, estudos, o outro livro que eu estava lendo, internet, tudo. Queria me dedicar apenas a ele.
Antes dele ser lançado, fiquei sabendo pelo Facebook (que por sinal é um perigo pois acabo sempre lendo spoilers) que justo neste último livro, não iria ter POV de Percabeth, e Nico e Reyna que nem fazem parte dos sete tem POV, na verdade a Hazel e o Frank também não tem POV neste livro, mas como nunca me importei muito com eles, não fez diferença, mas POXA, É PERCABETH!!!!! Fiquei extremamente chateada e decepcionada, até que chegou o livro e minha opinião mudou um pouco.
Eu simplesmente AMEI os POV's do Nico e Reyna, percebi que mesmo eles não sendo um dos sete, tiveram uma grande importância para a história e convenhamos, Nico e Reyna são simplesmente DIVOS!!!! Conhecemos mais sobre o passado da Reyna e temos a oportunidade de vermos os sentimentos do Nico em relação a tudo, o Acampamento, os semideuses, a suas irmãs Bianca e Hazel, Hades....
Outros dois personagens que me fizeram mudar um pouco de opinião foram Jason e Piper, o casal tão odiado por uns(inclusive por mim kkkkk) e amado por outros. Na verdade gente, a única que eu odeio mesmo é a Piper, sei lá, sempre achei ela inútil na saga, e os POV's dela é simplesmente "JASON, JASON, JASON e JASON", já o Jason, ele simplesmente me incomodava, não tem um real motivo, eu só não conseguia gostar totalmente dele, mas neste livro, a Piper se mostrou muito mais madura e o Jason conseguiu me cativar mais.
Agora uma coisa que me incomodou e muito, foi o fato de o Percy na minha opinião, ter parecido um idiota. Não é segredo para ninguém que o nosso Cabeça de Alga é lerdinho, mas neste livro a lerdeza estava além do normal. Não foram em todas as vezes, mas em algumas partes em que o Percy aparecia eu acho que o Tio Rick exagerou na lerdeza. Não sei se é porque eu esperava uma outra postura, ainda mais de alguém que acabou de voltar do Tártaro...... Tirando essas partes, Percy e Leo conseguiram tirar boas risadas de mim.
E agora vamos ao que interessa: A BATALHA FINAL. EEEEEITAAA GIOVANA, SEGURA ESSE FORNINHOOO.
O fato é que o forninho foi divo, mas um pouco fácil de segurar. Digo um pouco porque para os semideuses, os forninhos nunca são fáceis.
A batalha não decepciona mas, em comparação com a batalha contra Cronos, lutar contra Gaia foi um pouco menos angustiante na minha opinião.
E o final, senhor, o final. Apensar de deixar um gostinho de quero mais, eu simplesmente ADOREI. Achei digno para todos os personagens, e até agora não acredito que acabou.
Vou sentir muita falta dessa saga fantástica, que tanto alegrou os meus dias, que me fez conhecer pessoas incríveis que hoje são meus amigos e que une tanta gente. Obrigada Tio Rick, por escrever uma das melhores sagas do mundo!!! <3 <3 <3
Beijinhos e até a próxima.
                                                                                                                    Fê,

Tag: 5 livros estacionados na estante


Oiee, tudo bem com vocês? Hoje vim com mais uma TAG super legal!!! Quem me taggeou foi o Jackson do blog Trono de Livro . Nesta TAG eu tenho que contar os cinco livros que estou demorando para começar ou terminar, então, vamos à TAG!


1 - Destruidoras 


Bom, existem vários motivos por eu estar demorando para acabar de ler Destruidoras. Primeiro e o principal é por causa do Enem. Estou no meu último ano do Ensino Médio, e vou prestar a prova agora em novembro, por isso estou tendo que estudar bastante e deixar o lazer um pouco de lado :( . Segundo, as meninas estão me irritando um pouco, o que tira meu ânimo para ler. Elas não dão a devida atenção para as mensagens de -A e só querem saber dos seus problemas fúteis. A única que eu ainda gosto é a Spencer e vocês vão entender o porquê quando ou postar as próximas resenhas.










2 - Impiedosas


Consequentemente, estou demorando para começar o próximo livro de PLL, Impiedosas. Apesar das meninas estarem me irritando, o mistério continua com a corda toda e não vejo a hora de descobrir mais coisas. Só queria que elas não fossem tão burras..... kkkkkk















3 - A Pirâmide Vermelha


Estou querendo ler esse livro a séculos, desde quando foi lançado, mas acabei tendo outras prioridades e só fui comprá-lo na Bienal deste ano. Ainda não li, pois quis terminar os livros de PLL que fazia muito tempo que eu não lia. Eu sou louca pelos livros do Tio Rick e nesse ele escreve sobre mitologia egípcia. Eu já comprei os três livros e só não li ainda pois quero terminar PLL.













4 - Garota Exemplar


Esse é outro livro que eu não vejo a hora de ler. Minha amiga terminou de lê-lo esses dias e venho me contar que é simplesmente sensacional. Amy foi assassinada e o principal suspeito é seu marido Nick, e durante o livro pelo que eu pude entender, vamos conhecendo melhor o relacionamento dos dois. Mesmo não podendo gastar muito, vou fazer um esforço para ir no cinema e assistir o filme!!!














5 - A Namorada do meu Amigo

Talvez eu leia esse antes de A Pirâmide Vermelha, assim que eu acabar os de PLL, pois esse é um livro mais leve e divertido, e eu venho lendo uma sequência de mistérios e suspenses, vai ser bom para dar uma respirada. Ainda mais depois do Enem. Esse é o segundo livro da fofíssima Graciela Mayrink e o meu primeiro livro autografado *-* . Nele, Cadu se vê apaixonado pela namorada do seu amigo, aquela que era uma peste quando criança, e ele tem que decidir se vale a pena trocar uma amizade por um amor. A autora disse que vai ser na mesma pegada de Até eu te Encontrar, ou seja, podemos esperar uma leitura vem leve.










É isso gente, esses são os cinco livros estacionados na minha estante. Eu poderia ter colocado muito mais, mas só podia cinco então escolhi os que eu estou mais ansiosa para ler. O grande problema que está me atrasando é mesmo o Enem, se não fosse isso, acho que já estaria quase terminando todas as minhas leituras. É, vida de estudante não é fácil kkkkkkk. Não vejo a hora de passa o Enem e eu poder me jogar de vez nos livros.
Beijinhos e até a próxima.
                                                                                                                    Fê.


Filme: Se eu Ficar



E aí galerinha, tudo bem? Eu, a Ana e uns amigos nossos fomos assistir Se eu Ficar. Gostaria de deixar claro que ainda não li o livro, portanto falarei unicamente do filme.
Eu achei o filme super fofo e traz uma reflexão super importante. Passamos a pensar sobre o que fazemos com a nossa vida, se estamos realmente aproveitando todos os momentos e todas as pessoas que amamos, pois no segundo seguinte podemos não estar mais neste mundo.
Porém, achei o romance meio rápido demais. Talvez seja porque é um filme e as coisas tem que ser encurtadas, mas eu não consegui me envolver com o amor deles. E a Mia antes do acidente, na minha opinião era meio sem sal. Mas em compensação, não consegui deixar de me emocionar com as cenas pós-acidente. 
A música é muito presente na história, e não tem como não se envolver com aquilo. Ver ela tocando violoncelo, o Adam com sua banda, é tudo tão mágico.
Estou louca para ler o livro, pois acho que vou me emocionar ainda mais e quem sabe, passo a me envolver mais com a história de amor dos dois.
Recomendo muitíssimo o filme, pois a mensagem que ele traz é bem valiosa.






Beijinhos e até a próxima.
                                                                                                     -Fê.

Resenha: Impecáveis

"Segredos feios suficientes para enterrá-las vivas. E, aos poucos, vou contar.
Me chame apenas de A. É como eu assino meus deliciosos recadinhos para Hanna, Spencer, Aria e Emily, dizendo o quanto eu sei sobre seus sórdidos segredinhos... E por que eu não conto logo? Elas merecem perder tudo, mas a vingança é um prato que se come frio. E a cada bilhete amassado, e-mail perverso e torpedo vingativo que envio, atrapalho um pouco da vida dessas quatro belas mentirosas. Confie em mim. 
                                                                                                                         - A."

Oie gente, a resenha de hoje é sobre o livro Impecáveis da Sara Shepard.

No segundo livro de PLL, continuamos sem saber quem é –A, mas as garotas já tem um suspeito: Toby Cavanogh, irmão de Jenna.
Toby sempre foi muito sinistro, todos tinham medo dele e o julgavam pelo seu jeito estranho, e é claro, Toby tinha um segredo.
Jenna e Toby estão de volta à Rosewood, e as meninas tem que lidar com a morte de Ali e com a presença de um passado que elas preferem esquecer.
Esse livro me deixou bastante angustiada, pois eu voltei a desejar que Aria e Ezra fiquem logo juntos(na série eles já estão), continuei sentindo muita raiva da Emily que me atormenta desde o primeiro livro e primeira temporada da série. Sério gente, eu não aguento essa menina, é uma burra e uma sonsa. E eu torço tanto pela Hanna e pela Spencer, pra mim, elas são as que mais sofrem nessa história. As duas tem uma família completamente desestruturada, a da Hanna os pais são separados e não dão a devida atenção à filha, da Spencer a família vive em uma eterna competição para ver quem é o melhor. E o que a família da Spencer fez com ela nesse livro, senhor! Tudo bem que a Spencer também errou mas gente, não precisava daquilo, não quando a melhor amiga dela acaba de ser encontrada morta.
Estou morrendo de ansiedade para começar a ler o terceiro livro e continuo rezando para que a Sara ou a Marlene(produtora da série) mate a Emily em algum momento da história kkkkkkkk.
Beijinhos e até a próxima.

                                                                                                                           Fê.

Resenha: Maldosas



" Nunca confie numa menina bonita que esconde um horrível segredo.
Sei tudo sobre essas meninas, sei quem elas realmente são e sobre todos os segredos sujos que elas guardam. E ameaço contá-los! A vida é muito mais divertida quando você sabe o segredo dos outros.
                                                                                                                                                 -A. "

Oie gente, como estão? Hoje vim falar de um livro que sou apaixonada, Maldosas da Sarah Shepard.
Tudo começou com minha amiga me contando sobre a série até que eu resolvi assistir. E foi amor à primeira vista kkkk. Quando soube dos livros, fiquei louca para comprá-los. Por enquanto só tenho dois, mas irei comprar mais na Bienal.
Bom, chega de conversa fiada e vamos à resenha.
Tudo começa com o desaparecimento de Alison DiLaurents a QueenB de Rosewood. Aria, Emily, Spencer e Hanna veem na Ali a oportunidade de se destacarem e de se sentirem bem consigo mesma. Ali era a garota perfeita, todos os meninos a desejavam e todas as meninas queriam ser como ela.
O que as garotas mais gostavam na Ali era que ela fazia as meninas se sentirem especiais, parte de um grupo. Mesmo que a Ali fosse muito cruel às vezes, uma verdadeira bitch com algumas pessoas, as meninas não conseguiam deixar de ser amigas dela.
Todas ali escondem um segredo, Ali então, nem se fala, mas existe um que atormenta as garotas e que elas preferem esquecer: “A coisa com Jenna”.
Com o desaparecimento de Ali, as meninas acabam se afastando. Aria se muda para Islândia, Hanna que antes era um pouco acima do peso e tinha distúrbios alimentares, agora está magra e tão deslumbrante quanto Ali, Spencer continua dedicada nos estudos e ainda tem problemas com sua irmã e Emily tenta ser a filha perfeita.
Tudo ia muito bem até que as garotas começam a receber mensagens de um(a) desconhecido(a) que parece saber de seus segredos mais sombrios. Segredos que só Ali sabia.
Aria está de volta e além de ter que encarar a cidade que traz lembranças ruins, agora lida com as mensagens de –A, sem contar que está apaixonada pelo seu professor. Hanna adquiriu o hábito que “pegar emprestado” coisas de algumas lojas mesmo tendo dinheiro para comprá-las e, com as mensagens de –A, o nervosismo trouxe de volta velhos hábitos que ela preferia esquecer. Spencer acaba de conhecer o novo namorado da irmã, e pelo seu histórico isso é um problema para ela. E Emily pode perder a pose de filha perfeita se não tiver cuidado, já que se sente muito atraída pela nova vizinha.
Gente, como eu já disse, amo demais essa história, não vejo a hora de ter todos os livros. Ao todo acho que serão 14 livros, não tenho certeza mas é por aí kkkk A série já está na quinta temporada e já adianto que apesar de manterem partes do livro, a série alterou algumas coisas, que uma delas na minha opinião deixou a história ainda mais legal.
Amo todas as personagens, menos a Emily, acho ela muito chata( me processem kkkkkkk). Alison é aquela bitch que você não consegue não amar.
Bom, para quem ficou interessado vou deixar aqui o trailer da série que eu recomendo muitíssimo.


Por hoje é só, beijinhos e até a próxima.
                                                                                                                                 -Fê