Resenha: Quando o vento sumiu


"Suzan, Mateus e Renato parecem três jovens como outros quaisquer do Rio Janeiro. Suzan estuda Turismo. Renato e Mateus, Engenharia Civil.
Os três são amigos desde o colégio e, apesar de muito diferentes, são inseparáveis. Mas, entre aulas, festas, momentos em família e idas à praia, cada um deles enfrenta seus problemas.
Desde que o pai foi pego dando um golpe, Mateus vive só com a mãe, marcado por esse acontecimento. Renato é um garoto rico que resiste às pressões do pai para surfar menos e se interessar mais pela construtora da família. Suzan é apaixonada por Renato e sofre por ser considerada apenas uma amiga - e pela pressão da mãe para que se envolva com ele.
No correr dos dias, a amizade dos dois se transforma sutilmente. Suzan deve se declarar ao amigo, ou tentar ser feliz de outro modo? Mateus terá realmente só amizade para lhe oferecer? Renato deve se render à pressão paterna e se aplicar mais aos estudos? E até que ponto a relação dos três suportará o desgaste do tempo?
Embora tenham toda a vida pela frente, logo descobrirão uma dura lição: algumas escolhas tem consequências duradouras e alteram o curso de toda uma existência. Muitas coisas saem diferente do desejado. O difícil é prever o resultado de nossas opções e conviver com elas no futuro.
E se pudesse voltar atrás e escolher outro final para a sua história? Que escolha você faria diferente?"

Oiee gente, como vocês estão? Minhas férias chegaram e agora passo o dia inteiro assistindo séries e lendo livros. Oh maravilha de vida!!!!
Hoje vim contar para vocês um livro mega lindo que terminei super rápido de tão gostoso e perfeito que foi.
Vocês já devem saber que eu adoro a Graci, e estava loooouca pelo novo livro dela. Gente, olha essa capa, que coisa divina!!!!! *Um minuto de silêncio para a beleza dessa capa*
Quando o Vento Sumiu vai tratar da amizade entre a Suzan, o Mateus e o Renato, que você já logo imagina que são amigos inseparáveis, daquele tipo que quando tiverem noventa anos, vão estar todos sentados relembrando os velhos tempos, e eles realmente são esse tipo, mas assim que você abre o livro, você pensa: Opa, pera aí, sinto uma energia escura no ar.
Mas você vai lendo e acompanhando a amizade dos três, que é realmente muito bonita. Os três se apoiam e se entendem apesar das diferenças e dos problemas.
A Suzan é uma menina dedicada e super legal que é apaixonada pelo Rafael, e sobre por isso, pois além dele ver ela apenas como amiga, a mãe da coitada tem uma fixação louca para que o namoro dos dois aconteça. E gente, que mulher ridícula. Sério, ela fala uma coisas tão absurdas, que mesmo a gente podendo ver a versão dela das coisas - pois o livro é em terceira pessoa e acompanhamos vários pontos de vista, o que é super legal - não dá pra ficar do lado dela.
Preciso dizer que eu adorei o pai e a irmã da Suzan, são personagens super legais, além de eu e a irmã da Suzan termos gostos super parecidos e ela ter um travesseiro do Nick Jonas(morri quando li).
O Renato é aquele tipo de pessoa despreocupada, que só quer curtir a vida e surfar. Sinceramente eu não o culpo, mesmo sendo uma nerd assumida e meio paranoica com minhas notas, eu gostaria de tirar pelo menos um ano só para mim, viajar, sei lá, só descansar, Afinal, passamos a infância e a adolescência inteira estudando, e quando finalmente acaba, não acaba. Você tem que entrar para uma faculdade, arranjar um trabalho, e acaba que nunca temos tempo para nós.
Se eu fosse rica, eu definitivamente passaria um ano viajando por aí quando acabasse o ensino médio.
Mas o Renato, mesmo tendo esse privilégio, não consegue fazer as coisas do jeito que gostaria, pois o pai fica pressionando ele para se interessar pelos assuntos da construtora, já que um dia, será ele que irá comandar aquilo tudo.
E o Mateus foi o personagem que eu mais me apeguei. Super fofo, responsável, ajuda a mãe no que pode depois de terem a vida completamente transformada pelo golpe que o pai deu.
Claro que cada um tem seus problemas, mas na minha opinião, o Mateus é o que mais sofre, além do preconceito das pessoas, a tristeza por descobrir que seu pai, que tanto idolatrava, na verdade é um bandido. Não é fácil.
Eu queria falar tanta coisa, mas seriam vários spoiler, então vou apenas dizer que, apesar de Até eu te Encontrar ter um lugar super especial no meu coração - porque foi o primeiro livro dela que eu li, e porque foi fantástico - e A Namorada do meu Amigo também ter sido ótimo, eu acredito que a Graci se superou nesse livro.
A história fluiu tão bem, os personagens são tão cativantes, o jeito como ele fez deixou tudo tão especial, e o final simplesmente arrasou comigo....
Outro ponto super interessante, foi que no final ela nos mostrou como as coisas poderiam ter sido se as escolhas tivessem sido diferentes, que é realmente o ponto do livro.
Muita coisa pode mudar dependendo das nossas escolhas, coisas que nem imaginamos podem acontecer, e na verdade, acho que isso é um dos motivos pelo qual é tão difícil fazer uma escolha. No fundo, não importa no que baseamos nossas escolhas, se planejamos aquilo ou não, nunca sabemos o que vai acontecer no final.
Eu espero que vocês possam ter o grande prazer de ler esse livro, assim como eu tive.
Beijinhos e até a próxima.
                                                                                                                              - Fê.

Resenha: Heaven


"Menina conhece menino, menina e menino se apaixonam, menina e menino se casam. Poderia ser apenas mais uma linda história de amor. Mas se a menina for um anjo enviado à Terra para combater as forças malignas e o menino um mortal, o final feliz pode estar mais longe do que se espera. Em Heaven, terceiro e último volume da saga Halo, Beth e Xavier terão que desafiar o Céu e o Inferno para ficarem juntos.
Depois de fugirem da festa de formatura para selarem o compromisso numa igreja da cidade, os dois jovens contam as horas para viverem como marido e mulher. O que eles não sabem é que esse foi apenas o início de uma jornada de fuga, perseguição e morte, já que agora eles terão que lidar com os Setes, justiceiros do Céu que fugiram do controle de Deus e fazem suas próprias leis. Para eles, o amor de Beth e Xavier é um erro e deve ser combatido.
Agora, Beth e Xavier, com ajuda do arcanjo Gabriel e do serafim Ivy, precisarão correr contra o tempo e encontrar uma forma de provar para o Céu que seu amor é verdadeiro e que merecem ficar juntos. No caminho, vão se deparar com fanáticos religiosos, universitários festeiros, encontros nada agradáveis com o Diabo e uma revelação que poderá mudar o rumo de suas vidas para sempre.
Em Heaven, Alexandra Adornetto nos apresenta o último capítulo da história de amor que encantou jovens e adultos do mundo inteiro, e responde à pergunta que todos nós já nos fizemos um dia: até onde iríamos para viver um grande amor?"

"O último e eletrizante episódio da saga Halo". Vou denunciar no PROCON, pois isso é uma propagando enganosa.
Geeeente do céu!!!! Vocês vão acreditar se eu disser que demorei mais de um mês lendo esse livro? Eu, uma pessoa que termina um livro em três dias!!!!!!
Pois é minha gente!!! A situação é grave. O livro é parado, não anda, não tem ação e me deixou completamente no tédio.
Eu já esperava que fosse ser assim, devido ao meu problema com Hades, que aconteceu a mesma coisa, mas não imaginei que fosse me deixar tão desmotivada que não conseguisse ler. Tinha dias que se eu lia duas páginas era muito.
Hades deu indícios de coisas monstruosas e perturbadoras que poderiam acontecer em Heaven, mas não aconteceram. Eu estava esperando dor, sofrimento, guerras, morte, sangue...
Tudo bem, teve morte, mas cadê a guerra? CADÊ TODOS OS PARANAUÊ QUE O INFERNO PROMETEU QUE IRIA FAZER E NÃO FEZ???
Eu estava imaginando uma batalha colossal entre anjos e demônios, e nada. Eu passei metade do livro acompanhando a vida amorosa dos dois na universidade!!! Ah, faça-me o favor!!!
Tiver que ficar lendo sobre o ciúmes que ela sentia do Xavier com as outras garotas da faculdade.
Depois acontecem umas coisas que eu não posso contar porque seria spoiler, mas mesmo assim não é nada eletrizante. É totalmente morno.
E o final então... Nossa, acho que foi a primeira coisa romântica que não conseguiu me tocar, e olha que eu sou bem bobinha para essas coisas.
Algumas questões ficaram sem respostas, por exemplo ela deu brechas para situações que pareciam que iriam se desenrolar no futuro, mas não aconteceram, como a vida da Molly, melhor amiga da Beth, e a vingança do Inferno.
Eu esperava muito, mas MUITO mais dessa saga, pelo primeiro livro eu realmente achei que coisas muito extraordinárias iriam acontecer. A história tinha tudo para dar certo, mas infelizmente não deu.
Agora só me resta começar uma nova leitura e me curar dessa sensação de tédio que foi ler esse livro.
Beijinhos e até a próxima!
                                                                                                                                      -Fê.

Série: Friends



Oooooooooooooiieeeee, tudo bem com vocês?? Siiim, estou mega animada, porque essa série simplesmente me deixa assim.
Não tem como falar de Friends e não alongar as sílabas kkkkkk.
Bom, acho que vocês já devem ter ouvido falar sobre Friends, né? Mas preciso comentar mesmo assim. Eu conheci a série através de uma amiga minha(muuuuuuuuuuiito obrigada <3 ), e me apaixonei já no primeiro episódio. Gente, não tem como não amar, sério.
É leve, é divertida, é romântica, é MARAVILHOSA.
A história vai girar em torno dos amigos Ross Geller(David Schwimmer), Monica Geller(Courteney Cox), Rachel Green(Jennifer Aniston), Joey Tribbiani(Matt LeBlanc), Phoebe Buffay(Lisa Kudrow) e Chandler Bing(Matthew Perry), que se conhecem desde muito tempo e são vizinhos, mas todo mundo praticamente mora no apartamento da Monica, já que não saem de lá.
Nós vamos acompanhando a rotina deles, seus relacionamentos, trabalho, e claro a amizade entre o grupo.
O legal é que as situações são retratadas com bom humor e leveza. Não tem como não amar e não se divertir.
Eu, particularmente AMO o Joey, acho que é meu personagem preferido. Quanto ao meu casal preferido não vou contar pois não quero dar spoiler para quem ainda não sabe dos casais kkkkkkk
Não sei nem como falar sobre essa série com vocês porque é aquele tipo de coisa que não tem palavras para descrever. Você simplesmente ama e sabe que é fantástica.
Cada um tem a sua personalidade e o seu jeito, e isso deixa a série ainda mais divertida. Monica é totalmente viciada em organização(por isso fui chamada de Monica pela minha amiga) e limpeza, Rachel é meio patricinha e adora moda, Phoebe é toda hippie e espiritual, Ross é apaixonado por dinossauros, Joey é o palhaço da turma e Chandler o sarcástico.

friends animated GIF



Cada um com seu jeitinho que nos fazem amá-los. Além da amizade deles ser linda <3 Estão sempre apoiando uns aos outros apesar das diferenças e das brigas que às vezes acontecem, como toda amizade.
Eu SUPER, MEGA, indico essa série para vocês que depois de dez temporadas, destruiu meu coração com o final(calma, o final é lindo. Só que é o final então, destruiu meu coração), mas que durante meses me faz dar muitas e muitas risadas. Espero que ela faça isso com vocês também.


friends animated GIF

Beijinhos e até a próxima!!!!
                                                                                                                 -Fê.

Resenha: Hades

"Que o Céu a ajude.
Bethany Church é um anjo enviado à Terra no corpo de uma adolescente para combater as forças das Trevas. Definitivamente, se apaixonar pelo estonteante e atlético Xavier Woods não fazia parte da missão, mas a ligação com ele é cada vez mais forte. Porém, nem mesmo esse amor e a proteção do arcanjo Gabriel e da serafim Ivy conseguirão impedir que Bethany seja levada ao Inferno pelo charmoso demônio Jake Thron.
Lá, ela será cortejada e adorada como uma rainha, mas padecerá com o sofrimento das almas condenadas e com a ausência daqueles que ama. Ela desafiará o próprio Lúcifer para defender suas crenças, e será forçada a fazer uma escolha terrível para proteger Xavier da fúria de Jake. Uma escolha que irá destruí-la... e que poderá dar fim a tudo que ela adora e valoriza.
Se em Halo Bethany estava se acostumando com a vida na Terra e lidando com os dilemas da adolescência, em Hades ela será levada às profundezas do Inferno, e lá terá contato com o lado mais sombrio da natureza humana. Como um anjo conseguirá sobreviver ao Reino dos Mortos? Ele será capaz de resistir às tentações? E o que Xavier, Molly, Ivy e Gabriel farão para tentar resgatar Bethany?
A história que Alexandra Adornetto iniciou com Halo ganha mais um capítulo repleto de ação e reviravoltas. A batalha entre anjos e demônios continua, mas numa escala bem maior, e o poder do amor será mais uma vez posto à prova." 

Oiie gente!! Tudo bem com vocês? Que saudade que eu estava de postar. Andei sumida né? Eu sei. Muitas coisas da faculdade para resolver, muitas provas para fazer e muito pouco tempo para ler.
Mas eu finalmente consegui terminar esse livro e agora vou contar o que achei.
Bom, esse é o segundo livro da trilogia Halo e, apesar de algumas coisas eu gostei do primeiro livro e estava ansiosa para saber o que iria acontecer.
O problema é que não foi como eu esperava. 
Não sei se a culpa foi minha, porque dava espaços muito grandes durante a leitura, por falta de tempo ou por qualquer outro motivo. Ou se foi porque o livro não é tudo isso mesmo.
Os primeiros capítulos já me irritaram porque a Beth continua a mesma garotinha bobinha. No primeiro livro eu decidi relevar pois tinha o fato de ela ser um anjo que estava sendo humano pela primeira vez. Não conhecia as emoções e nem sabia como lidar com elas, então ela acabava sendo muito ingênua e acreditando em tudo o que lhe diziam.
Eu, na minha santa esperança e ingenuidade(acho que estava dando uma de Beth), acreditei que ela estaria melhor neste livro. Mas não é o que acontece.
Vejam bem, eu sei que ela é um ser de luz e é superior a nós, portanto não tem essa "maldade"(não sei se essa seria a palavra certa)que nós temos, mas poxa, ela já está há um ano na Terra, já deu tempo suficiente para ver o mundo, as pessoas e as situações de outro modo.
Fora as amigas dela que na minha opinião são completamente desnecessárias, uma mais fútil e idiota que a outra. 
Poxa, a menina tem um namorado incrível, tem a chance de fazer amizades com outras pessoas, afinal não existe só aquelas garotas na escola, mas mesmo assim continua andando com elas!! É o cúmulo da comodidade!!!!!!!
Só ficou acredito que cinco por cento mais legal porque como vocês viram, ela acaba indo para o Inferno, então vemos ela lidando com essa situação, estando entre demônios, assistindo almas serem torturadas, e também acompanhamos o outro lado. Vemos o que Xavier(adoro você), Gabriel, Ivy e Molly(não sei o que pensar dessa menina. Não gostava dela antes, continua sendo chatinha durante o livro, e demonstrou claramente não ter amor próprio em uma cena com o Gabriel, mas foi a única que se importou com o sumiço da Beth, então talvez ela tenha ganhado um ou dois pontos comigo.) estão fazendo para resgatar a Beth, e sinceramente, as partes deles foram as mais legais na minha opinião.
Sobre o Jake: Pensei numa pessoa que faz de tudo para chamar a sua atenção, para te conquistar, e quando eu digo tudo eu quero dizer tudo mesmo. Ultrapassa certos limites. Então, esse é o Jake. Sabe aqueles maníacos de filme? Tipo isso.
Eu imaginei o livro completamente diferente. Achei que o resgate dela ia ser só no terceiro livro, até porque ela foi sequestrada para mostrar o início do Armagedom, então achei que ela ia ficar presa por mais um tempo, servir para mais utilidades, mas não. Ela foi resgatada nesse livro mesmo.
E por falar nesse resgate, SENHOR! Que coisa mais chocha. Achei totalmente sem emoção.
Quando chegou no final, eles estavam super bem e felizes e eu pensei: Mas gente, ainda tem mais um livro, por que está todo mundo feliz?
Todo mundo feliz e fazendo coisa estúpida. Porque pelo amor de Deus!!!! Xavier, te adoro, mas você comeu cocó de galinha no Inferno, só pode. Que ideia maluca foi aquela???
Mas não pensem que acabou em flores. O livro acaba com uma surpresa que só vamos descobrir no último livro.
Por hoje é isso pessoal! Realmente esperava mais da história e de certos personagens, vou ler o terceiro livro porque não consigo deixar coisas pela metade(e porque já comprei), mas não estou muito animada.
Espero que quem já leu tenha gostado, ou que quem ainda vai ler goste, mas realmente não consegui sentir nada com esse livro :(
Beijinhos e até a próxima!
                                                                                                                         -Fê.

Resenha: A Escolha

"Quando foi sorteada para participar da Seleção, America não imaginava que chegaria tão perto da coroa - nem do coração do príncipe Maxon. Com o fim do concurso cada vez mais próximo, e as ameaças rebeldes ao palácio ainda mais devastadoras, ela se dá conta de tudo o que está em risco e do quanto precisará lutar para alcançar o futuro que deseja.
America já fez sua escolha, mas ainda há muitas outras em jogo... Aspen, seu antigo namorado, terá que encarar um futuro longe dela. E Maxon precisa ter certeza dos sentimentos da garota antes de tomar a grande decisão, ou acabará escolhendo outra concorrente."

Ooie gente!! Tudo bem? Hoje vou falar mais um pouco sobre a trilogia/série A Seleção e encerrar esse assunto, pois como vocês já viram no vídeo que eu postei (Minha Caixa de Correio Agosto), eu não vou ler A Herdeira, portanto A Seleção acaba aqui. Literalmente kkkkkk.
Bom, vocês viram que eu fiquei de saco cheio da America e sua indecisão. Foi um porre.
Eu achei que ia estar livre disso neste livro, mas me enganei completamente. Mesmo ela tendo se decidido no livro anterior ela continua enrolando para resolver as coisas tanto com o Aspen quanto com o Maxon, o que eu achei uma palhaçada total porque ela ainda se dizia insegura, mas novamente, por mais um livro ela AINDA NÃO ENTENDEU QUE TUDO ISSO ERA CULPA DELA!!!!!!!!!!!!
Como ela espera que um cara se declare e abandone todas as outras oportunidades de ser feliz por uma pessoa que até ontem ainda era apaixonada por outro cara e que não entendia e ainda não entende suas decisão e razões?
Eu fiquei furiosa com isso. Ela não dizia "Eu te amo" por orgulho, porque queria que ele falasse primeiro. Ele não dizia por medo. Percebem a diferença? Bem, ela não percebia.
E foi uma enrolação só e uma palhaçada até quase o final do livro. Um ponto que eu achei muito ruim.
Gostei muito de ver a aproximação das meninas nesse último livro e foi bem legal conhecer mais sobre elas, principalmente a Celeste, que eu acabei me apegando.
Algumas coisas eu já sabia que ia acontecer por causa de spoilers, outras me pegaram de surpresa e me deixaram tristes.
É difícil falar sobre A Seleção no geral porque eu goste bastante da trilogia, tenho um carinho por ela que vai ser eterno, mesmo que irritando tanto e às vezes querendo atirar o livro pela janela.
A Kiera faz as cenas deles serem tão lindas e especiais que você esquece por um momento que está com raiva da America. Principalmente no final.
Vou deixar aqui a resenha que fiz de A Seleção e A Elite para quem não leu e minha frase preferida desse livro.

" - Pode partir meu coração. Mil vezes, se desejar. Sempre foi seu para machucar como quiser." - Maxon.


Beijinhos e até a próxima!!
                                                                                                                   -Fê.

Minha caixa de correio - Ago/2015



Desculpem a qualidade do vídeo e o cachorro da vizinha latindo kkkkkkk

Beijinhos e até a próxima!!!


                                                                                                            -Fê.

Série: Dexter



Ooie gente!!!! Faz tempo que eu não falava sobre séries né? Bem, hoje eu vim falar sobre essa incrível série.
Sabe aquela série que te tira o sono, que você assiste praticamente uma temporada em um dia, que te faz esquecer de tudo?? Então, isso foi Dexter para mim.
Dexter vai contar a história de um cara(Dexter) que durante o dia trabalha no laboratório forense de uma delegacia e à noite sai a procura de novas vítimas.
Mas não qualquer vítima, ele mata apenas criminosos. Isso porque quando era pequeno, seu pai acabou descobrindo esse "desvio de personalidade" e ao invés de interná-lo decidiu ajudá-lo de outra forma. Então ele criou um código para o Dexter seguir onde além de outras regras, falava que já que ele tinha que matar alguém, pelo menos matasse quem merecia morrer.
E é aí que a coisa fica interessante, porque ele obviamente é o vilão, afinal, apesar de tudo ele é um psicopata e está cometendo crimes, mas eu não conseguia ver ele como um vilão. A cada episódio, a cada temporada, eu me apegava mais ao Dex e não conseguia deixar de torcer por ele. O que fez com que eu achasse que estava com probleminhas, afinal, eu estava apoiando e torcendo por um psicopata.
Mas é que ao longo da história ele vai demonstrando que ele não queria ser desse jeito, ele também sofre por ser assim. Enfim.
Cada temporada tem um criminoso novo, e eu fiquei admirada com a genialidade dos crimes ao longo das temporadas. Eu senti que a coisa estava evoluindo. E claro, a cada temporada alguma coisa acontecia e o Dex era quase pego, o que me deixava louca, surtada, porque como eu já disse, eu torcia por ele.
O único problema da série foi o final, que eu achei péssimo. Assim, por um lado eu até entendo o que eles quiseram mostrar com isso, mas poxa. Acabou comigo! Infelizmente eu não posso explicar direito pois seria um BAITA spoiler.
Aiii que saudade que me deu agora. Essa é uma série que eu gostaria que nunca tivesse acabado! Amo, amo, amo. Espero que vocês gostem tanto quanto eu. E enquanto estiverem assistindo podem mandar mensagem para eu surtar junto com vocês kkkkkkkk. 
Ah, me indiquem séries também. Quanto mais séries eu tiver para assistir, melhor!






Beijinhos e até a próxima!
                                                                                                                      -Fê.

Resenha: Gelo Negro



"Britt Pfeiffer passou meses se preparando para uma trilha na Cordilheira Teton com a melhor amiga, mas não estava pronta para enfrentar a violenta nevasca que as pegou de surpresa no caminho. Ao procurar abrigo em uma cabana isolada, elas conhecem dois homens atraentes dispostos a ajudá-las. Pelo menos é isso o que as duas acham.

Criminosos foragidos, eles as fazem reféns. Para se salvar, Britt vai ter que ajudá-los a fugir em segurança, apesar do frio e da neve. Mas, durante a arriscada jornada em meio à natureza selvagem, o que de início é ameaça pode se tornar a salvação."

Oie gente!! Não sei se já falei aqui, mas eu adoroooo Hush Hush. Sou completamente apaixonada pela história e pelo Patch.
Mas hoje não vim falar sobre Hush Hush, vim falar sobre Gelo Negro, o novo livro da Becca, autora de Hush Hush.
Eu estava acompanhando tudo sobre esse livro, a prévia da capa(americana), a divulgação do título, tudo. Não via a hora de finalmente chegar ao Brasil e eu poder lê-lo. Me apaixonei pela sinopse e já imaginava um livro incrível com um suspense que é característico dela.
Pois bem, Britt é uma garota que sempre dependeu dos homens da família. No caso seu pai e seu irmão. Quando eu soube disso, imaginei que ela seria meio mimada, mas não é nada disso. Até me identifiquei com ela. 
Vejam, ela é dependente no sentido de não saber se virar sozinha em situações difíceis, quando algum problema acontecia, ela sempre pedia ajuda. E eu me identifiquei com ela, porque também sou meio assim. Eu sei fazer as coisas, sei ir à lugares sozinhas e etc, mas me sinto mais segura quando alguém está comigo, enfim.
A Britt resolve fazer essa viagem justamente porque ela quer provar que pode se virar sozinha, mas não para o pai ou para o irmão, mas sim para o ex-namorado Calvin.
Os dois namoraram em segredo por um tempo, porque ele é irmão da melhor amiga dela, Korbie, e os dois achavam que ela poderia não gostar. Só que esse era o menor dos problemas. Para mim, o Calvin nunca gostou dela, desde o princípio, só ela que nunca percebeu, já que sempre foi apaixonada por ele e o considerava o máximo. Mas para mim, ele não passava de um garoto metido que tinha problemas com o pai.
Antes da viagem, Britt encontra Calvin em uma loja e para se sentir e se mostrar superior, falou que já tinha superado e relacionamento deles e que já tinha até um namorado. O Calvin, debochando dela, coisa que ele fazia muito, não acreditou na história, então ela teve que fingir e mostrou o primeiro cara que ela viu e disse que ele era seu namorado, e é aí que conhecemos o lindo, maravilhoso, encantador e misterioso Mason( <3 <3 <3 <3 ).
Para a surpresa da Britt, do Calvin e minha, Mason entra na brincadeira e assume o papel de namorado, citando algumas informações que nos fazem ter uma certa desconfiança dele, pois ele sabe de certas coisas relacionadas à Britt. Como eu sabia que ela ia ficar presa com criminosos, na hora pensei: "É ele. Ele está investigando a vida dela, observando seus passos e quando ela estiver na montanha vai sequestrá-la."
Minha mente ia a mil a cada linha que eu lia, mas não foi bem isso que aconteceu. O fato é que no caminho para a tal cabana aonde ela e a amiga iam ficar hospedadas com o Calvin e o Urso(apelido do namorado da Korbie) começa a nevar e as duas ficam presas na estrada morrendo de frio. Então elas resolvem procurar ajuda, até que encontram uma cabana. Para a surpresa de Britt, Mason(lindo) está nessa cabana com um amigo.
As duas se abrigam ali, a contragosto do Mason que deixou claro que não gostava da ideia das duas estarem ali, o que ganhou pontos comigo. Porque pensem: Nós sabemos que as duas vão ficar presas com criminosos. Agora nós sabemos que eles são os criminosos, mas o Mason não quer elas lá, o que significa que ele se importa o suficiente para não gostar da ideia das duas ali, e que de uma certa forma está tentando proteger elas quando insiste em dizer que elas não podem ficar. Certo? Bem, isso vocês vão ter que descobrir sozinhos.
Eu nunca suspeitei do Mason sobre certas coisas que entram em jogo no decorrer da história, mesmo às vezes ele fazendo coisas que davam a entender que ele era culpado. Ele é aquele tipo de pessoa que você sabe que ele não é puro e santo e completamente inocente, mas mesmo assim você confia.
Uma coisa que me incomodou bastante na Britt é essa coisa do Calvin. Ela acredita fielmente que ele vai aparecer a qualquer momento para salvá-la e fica toda hora lembrando e falando sobre ele. Foi meio cansativo para mim porque eu nunca gostei do Calvin, então ficar vendo uma pessoa bajulando ele é meio chato.
O que eu achei bem interessante no livro, além de todo o mistério e seu desfecho, que eu confesso que não tinha imaginado e achei incrível, foi como a Britt se mostrou forte e inteligente em todos os momentos, apesar de no fundo ainda esperar o resgate do Calvin em seu cavalo branco, ela soube se virar sozinha, armou estratégias, sobreviveu ao frio cortante e a dois(será que são dois mesmo?)bandidos, tentando salvar a sua vida e a da amiga. Ela aprendeu a andar com as próprias pernas, e isso foi muito importante.
Não vou falar mais(embora eu queira) porque estou com medo de dar spoiler, mas saibam que eu amei o livro, achei fantástico, sou completamente apaixonada pelo Mason e recomendo para todo mundo. Tanto Hush Hush, como Gelo Negro, não vejo a hora dela lançar mais um livro kkkkkkkk.
Vou deixar aqui o book trailer do livro:

Beijinhos e até a próxima.
                                                                                                                            Fê.

Parceria


Olá gente!!!!!! É com grande alegria que nós viemos aqui hoje anunciar a nossa primeira parceria!!!!
Conheçam o blog "Que tal, Carol?" Ele é super fofo e tem tudo o que a gente mais gosta!! Ficamos muito felizes em anunciar essa notícia, é uma grande conquista para todos nós. Muito obrigada Carol!!
E não para por aí!!! Mais uma parceria vem chegando e não vemos a hora de contar tudo para vocês. Estamos preparando uma entrevista bem legal que será postada no blog parceiro. Fiquem ligados para mais novidades.
Mas por enquanto, não deixem de visitar o blog da Carol: http://quetal-carol.blogspot.com.br/
Um beijo enorme e até a próxima!!!!
                                                                                                                - Equipe Além das Palavras.

Resenha: Objetos Cortantes



"QUANDO A FAMÍLIA É SUA PIOR PARTE.
Camille Preaker é repórter em Chicago e, a pedido de seu editor, Frank Curry, retorna a sua pequena cidade natal para investigar um mistério envolvendo a morte de uma menina e o desaparecimento de outra. Curry acredita se tratar de um caso de assassinatos em série que, com uma cobertura perspicaz, daria prestígio e destaque ao jornal.
Hospedada na casa da família, Camille precisa reaprender a conviver com a mãe, o padrasto e a meia-irmã, além de lidar com as memórias difíceis de sua infância e adolescência que tanto quis esquecer.
Enquanto trabalha para descobrir a verdade por trás desses crimes violentos e enviar a matéria para o jornal, Camille acaba se identificando, até demais, com as jovens vítimas. Assim, para terminar o trabalho, manter a sanidade intacta e sobreviver à estadia na cidade natal, a repórter terá que montar o quebra-cabeça psicológico do próprio passado e confrontar o que lhe ocorreu tantos anos antes."

Oie gente!!!! Tudo bem? Aiii, como é bom ler um bom livro né?
Defino Objetos Cortantes como intenso.
Camille trabalha em um jornal que não rende muito lucro então, para melhorar a situação do jornal e por apesar de tudo o Curry acreditar no potencial da Camille, ele a manda para Wind Gap, para investigar o assassinato de Natalie e Ann. Ann foi encontrada na floresta estrangulada e com todos os dentes arrancados. Natalie, que estava desaparecida, foi encontrada na calçada de uma das ruas da cidade, também estrangulada e com todos os dentes arrancados. As garotas tinham 9 e 10 anos respectivamente. Cruel, sim. Mas a crueldade e a insanidade está apenas começando.
Os problemas de Camille existem desde sempre, pois sua mãe, que conforme vamos conhecendo, percebemos que não é tão sã, sempre preferiu Marian(na época, a filha mais nova). Até que Marian morre, Adora, a mãe, se tranca no quarto e então Camille, que era muito apegada à irmã passa a se cortar e a viver uma vida nada comportada.
O interessante(sou louca por chamar isso de interessante?), é que não são simples cortes. São palavras. Ela tem o corpo todo, exceto mãos, rosto e um espaço nas costas, marcado por palavras diversas.
A meia-irmã de Camille, Amma(agora a filha mais nova) tem treze anos e passa as horas brincando em sua casinha de boneca, que na verdade é uma réplica exata da própria casa. Tudo tem que estar perfeitamente e milimetricamente igual a casa original. Quando não está fazendo isso, está aprontando com as amigas.
Amma, além de ser paranoica com a casa, também é agressiva.
Gente, está muito difícil não dar spoiler. Muito difícil.
Com as entrevistas de Camille para o jornal, vamos conhecendo os moradores da cidade. Antigos colegas de escola de Camille, a família das vítimas, o delegado e o agente especial que foi enviado para cuidar do caso.
Então ao logo do livro, você percebe o quanto essa cidade é podre. No sentido figurado da palavra.
São os problemas familiares da Camille, que ficam cada vez piores, os cidadãos que insistem em manter uma venda nos olhos tentando não acreditar que o assassino seja alguém de Wind Gap, ou então acusando o pai ou irmão das vítimas, os chamando de assassinos com a maior frieza do mundo.
O comodismo e conformismo das mulheres em passar suas vidas cuidando da casa, do marido, dos filhos e fazendo fofocas maldosas da vida alheia, achando repugnante e imoral a vida de uma mulher solteira que trabalha e é dona de si mesma. Jogando isso na cara da Camille.
As crianças que são ensinadas isso e a famosa divisão de poder na escola. As garotas mais bonitas e ricas controlam tudo e são cruéis, enquanto o restante tem que abaixar a cabeça e obedecer.
Wind Gap está eternamente contaminada pela desenfreada necessidade de atenção.
Apenas Richard, o policial que foi enviado para cuidar do caso é normal, mas apenas porque ele não é de lá.
Por falar nele, eu o adoro.
O(a) assassino(a) não foi quem eu imaginei, mas não foi uma grande surpresa pelo fato de eu saber que a pessoa era cruel. Foi uma surpresa saber quem foi, mas não foi surpresa saber que a pessoa era capaz disso. O final, foi triste.
Eu não sei se vocês vão conseguir sentir o que estou querendo passar, porque é preciso ler o livro para realmente entender e sentir a complexidade e horror das mentes dos habitantes de Wind Gap. Então, leiam. Simplesmente leiam. Porque Gillian Flynn é fantástica, e esse livro é sensacional. 
Agora vou deixar aqui o booktrailer para aumentar a vontade de quem ficou curioso!!!!(Sou má MUAHAHAHAHAHA)



Beijinhos e até a próxima.
                                                                                                                              Fê.

Resenha: O Segredo das Sombras


"Jéssica não é mais a mesma garotinha rural. Desde que se apaixonou por Pietr, um lobisomem russo, sua vida se misturou com uma complexa trama de poderes envolvendo a família do rapaz. Pietr e seus familiares são os últimos indivíduos de uma linhagem mutante que resultou de experimentos científicos promovidos durante a Guerra Fria. Além de serem perseguidos pela Máfia Russa, Jéssica e seus amigos precisam correr contra o tempo para resgatar Tatiana, a mãe da família lobisomem, mantida refém pela CIA - outra interessada nas habilidades de Pietr e seus irmãos.
Mas há muitas coisas que Jéssica não consegue entender. Por que mesmo tendo revelado sua paixão, Pietr insiste em se afastar dela e permanecer com uma garota que não ama? Por que todos parecem querer ocultar fatos importantes? Wanda, a agente da CIA infiltrada na casa de Jéssica, está, afinal, do lado de quem: dos lobisomens ou do governo? E por que Derek, o esnobe galã da escola, repentinamente se interessou por uma menina tão problemática como ela?"

Olá anjos, como vão? Essa foi minha leitura foi meses atrás, mas só vim contar para vocês agora. É, eu sei, sou lerda. kkkkk.
Bem, não vamos mais desperdiçar tempo, vamos lá!
Esse é o segundo livro da série 13 TO LIFE, da qual já fiz resenha do primeiro livro A Maldição do Lobisomem e quem leu sabe que eu estava bastante ansiosa e com muita saudade dessa série. O final do primeiro livro foi bem interessante e me deixou querendo mais, então fiquei muito feliz quando soube que o segundo livro já tinha sido lançado. E vou começar a resenha pela parte ruim, porque sim e porque o livro começa não tão bom.
No primeiro livro temos um triângulo amoroso entre Sara(amiga maluca de Jéssica e que fez mal à ela no passado)-Pietr(lobisomem que chega do nada na cidade e vira a vida da Jéssica de cabeça para baixo)-Jéssica(nossa protagonista). Vou explicar mais ou menos a situação, me acompanhem.
Antes, vocês precisam saber de duas coisas: Jéssica sofreu algo e Sara está envolvida. Jéssica sempre foi apaixonada por Derek, o garoto lindo e popular da escola.
Agora podemos começar: Sara e Jéssica são amigas agora, vivem em plena harmonia. Até que Pietr e sua família aparece e Jéssica fica encarregada de mostrar a escola para ele. No começo ela não gosta dele, ele é meio frio, não para de encarar o relógio e tudo o mais e isso dura um tempo até que ela começa a assumir que está começando a ver ele com outros olhos. 
Nesse meio tempo, Derek, o garoto lindo e popular que nunca deu bola para ela, passa a rondá-la e demonstra não gostar muito de Pietr. Enfim, história vai, história vem, Pietr e Jéssica não conseguem ficar longe um do outro, mas ela gosta do Derek(ou acha que gosta), e aí começa a entrar o problema maior, Sara começa a gostar de Pietr. E agora, o que vocês acham que acontece?
Quem pensou em: Jéssica deixa o Pietr para a Sara. Acertou. Fim do resumo do triângulo.
Portanto eu já imaginava que o triângulo iria continuar nesse segundo livro, só que minha mente ingênua não imaginou que fosse ser tão ridículo.
O que acontece é o seguinte, Pietr e Sara estão juntos(por livre e espontânea vontade da Jéssica), e como a Jéssica não se conforma com isso e fica super, super triste(pobre coitada, como se ela não tivesse pedido por isso-literalmente) ela resolve dar uma chance para o Derek.
E aí o Pietr fica com raiva e cheio de ciúme(pobre coitado, como se ele não pudesse simplesmente mandar a Sara ir pastar). Resultado: Os dois ficam nessa guerra RIDÍCULA de ciúme.
Até que o livro chega na sua metade e as coisas esquentam.
Finalmente a família Rusakova consegue rever sua mãe que foi pega pela CIA e vamos descobrindo mais e tentando entender o que eles querem, quem está envolvido nisso tudo e enquanto isso, os lobisomens tentam resgatar sua mãe das mãos da CIA.
As coisas ficam superinteressantes e intrigantes a partir daqui. Uma coisa que achei interessante e que estou looouca para ver mais no próximo livro, é que os lobisomens não são as únicas "criaturas", vemos demonstrações de outros seres e até mesmo um pouco de mediunidade(acho que posso chamar assim, quando vocês lerem, vocês vão entender), o que ficou bem interessante e nada maluco.
E o mais legal é que você termina o livro e descobre que por mais que os inimigos estejam se declarando, qualquer um pode ser o inimigo, até mesmo quem você não imagina. Porque eu não imaginei o que aconteceu e gostei muito do que a autora fez.
O final gente, é torturante.
Enfim, acho que o terceiro livro será simplesmente SENSACIONAL e não vejo a hora de tê-lo em minhas mãos.
Fica um pouco cansativo por causa do triângulo, mas não deixem de ler, vale a pena.
Beijinhos e até a próxima.

                                                                                                                        Fê.

Tag Apocalipse Zumbi





Beijinhos e até a próxima!!!

                                                                                                                             -Fê.

Top 5 Dia dos Namorados/Anti Love Day

Dia dos Namorados


Ahhhhh, o amor!!!! Fonte de inspiração para muitos poetas, escritores, cineastas.... Fonte de inspiração para o mundo!!!! Estar apaixonado muda as nossas vidas, deixa nossos dias mais coloridos, nos dá força, coragem, criatividade..... Nos deixa mais vivos. E mesmo que um dia o amor acabe, não significa que ele não é mágico, que não valha a pena. Porque enquanto você estava com aquela pessoa, por mais que doa agora, você sabe que viveu um dos melhores dias da sua vida.
Para aproveitar muuuuito esse dia, fiz um Top 5 com filmes, músicas e livros que falem sobre amor, da melhor forma possível. Porque eu acredito que qualquer amor é válido. 
Espero que vocês aproveitem muito o Dia dos Namorados com a pessoa amada, e se forem como eu, solteira, mas que fica suuuper contagiada com esse dia e não liga nem um pouco em assistir/ler/ouvir coisas românticas, e muito menos fica depressiva com essa data, aí vai a minha listinha!!!!
Feliz Dia dos Namorados para todos vocês <3 :D

Top 5 Filmes:

1- Simplesmente Acontece
Bom, eu já li P.s.Eu te amo e virei completamente fã da Cecelia Ahren. Quando eu soube que ia sair mais um filme sobre um livro dela e quando vi o trailer, simplesmente surtei.
Como vocês viram no trailer, a história fala sobre dois amigos de infância de em um determinado momento acabam se separando e vão percebendo que há muito mais do que amizade na relação dos dois.
Gente, o filme é extremamente fofo, não vejo a hora de ler o livro e recomendo para todo mundo. Além de ter o Sam e a Lily que eu adoro <3

2- What if
Preciso mesmo falar por que vocês devem assistir??? Por favor, o filme é com o Dan <3!!!!!!!! Mas tudo bem, se isso não for suficiente para te convencer, vou falar um pouco sobre o filme.
What if conta a história de duas pessoas que se conheceram numa festa e se tornaram amigos. Com o tempo eles vão se aproximando e estão sempre juntos, e o Wallace tem que se contentar em ser só amigos já que ela tem namorado. Porém, conforme os dias vão passando e as coisas vão acontecendo, ela começa a ficar em dúvida sobre o que sente por ele. E aí, vocês vão ter que assistir o filme para saber se eles vão terminar juntos ou não.
Eu amei o filme, e espero que vocês gostem também.

3- Namoro ou Liberdade
Aiai Zac, vem namorar comigo vem!!!!
Três amigos resolvem ficar solteiros, depois que a esposa de um deles(gente, não lembro o nome de ninguém, desculpe kkkk)meio que se separa.
Só tem um problema, ele ainda quer voltar com a esposa, o outro se apaixona pela amiga e o Zac(lindo casa comigo) se apaixona por uma garota e não consegue passar um dia sem vê-la. Porém, nenhum deles comentam um com o outro sobre isso por causa do pacto que fizeram.
E quando descobrem, ficam se questionando o que vale a pena. Namoro ou liberdade?
O filme é bem divertido e fofo, e claro, temos muuuuuuuito Zac Efron para nos alegrar!!!

4- Um Porto Seguro
Se não tiver Nicholas Sparks, não é Dia dos Namorados. Tentei escolher um que não seja triste, então escolhi Um Porto Seguro. Apesar de ter um enredo meio tenso, o filme é muito lindo e romântico. 
Katie se muda para uma cidade da Carolina do Norte para fugir de seu passado e construir uma nova vida. Ela só não esperava que ia se apaixonar. No começo ela fica relutante, pois não quer criar raízes, mas não consegue fugir do sentimento que sente pelo Alex. Então, o passado volta para assombrá-la e as coisas ficam complicadas. 
Não posso contar mais do que isso, apenas que chorei no final, mesmo o filme não sendo trágico comparado a Um amor para recordar. Sou louca para ler o livro.

5- Um homem de Sorte
Nicholas Sparks e Zac Efron, que combinação MARAVILHOSA!!!!!!!! *-*
Logan, como vocês já perceberam, é um soldado do exército que durante uma missão encontra a foto de uma mulher. Ele começa a procurar o dono da foto e como não encontra, acaba ficando com ela. Porém, misteriosamente, ela acaba trazendo sorte para ele, pois alguns acidentes acontecem e ele acaba sobrevivendo, mas alguns de seus companheiros não.
Então ele vai atrás da tal mulher misteriosa da foto e aí vocês vão ter que assistir o filme para saber como a história vai desenrolar, já que ela tem um certo problema com o ex marido.

Top 5 Músicas

1- The One - Kodaline
"Você faz meu coração parecer que é verão quando a chuva está caindo. Você faz meu mundo inteiro parecer certo quando ele está errado.
É por isso que eu sei que você é a única. É assim que eu sei que você é a única."

2- When You Look Me In the Eyes - Jonas Brothers(saudade dos meus meninos <3 )
"Quando eu te seguro em meus braços eu sei que é para sempre. Eu apenas quero que você saiba, que eu nunca quero te ver partir."

3- Lego House - Ed Sheeran
"Estou sem toque, estou sem amor. Eu vou te animar quando você estiver ficando para baixo. E de todas as coisas que eu já fiz, eu acho que te amo melhor agora."

4- I did with you - Lady Antebellum
"O amor vem em círculos, e leva o seu próprio tempo. Se curvando e quebrando, nunca andando em linha reta. Nunca havia conhecido outro amor eterno e verdadeiro.
Oh, mas eu conheci, sim, eu conheci com você."

5- The Words - Christina Perri(Muito amor pelo Colin nesse clipe)
"E todos os degraus que me levam para você. E todo o inferno que tenho que percorrer. Mas não trocaria um dia pela chance de dizer 'Meu amor, eu estou apaixonada por você'."

Top 5 Livros

1- Até eu te Encontrar - Graciela Mayrink


"Na Universidade de Viçosa, em Minas Gerais, calouros e veteranos começam a se conhecer e as amizades vão se formando em um mundo de estranhamentos que é a vida universitária. Até que...
Até que as paixões começam a aparecer. Carla é uma moça intragável que acredita ser a dona do mundo - e que tem atitudes que podem ser bem mais perigosas do que pensam seus amigos...
Flávia é caloura na universidade e aprendeu muito mais do que se ensina nas salas de aula - especialmente sobre alguns temas esotéricos, como o encontro de almas gêmeas e a existência de bruxas...
E Luigi - que, além de lindo, é querido por todos os amigos - está prestes a ter, mais uma vez, sua vida modificada de uma maneira arrebatadora...
No redemoinho destas paixões, até onde podemos controlar nossas vidas? E será que a perversidade de alguns é mais forte que a força do destino?"


2- Fazendo meu Filme - Paula Pimenta

"Fazendo meu Filme 1: a estreia de Fani é um livro encantador, daqueles que lemos compulsivamente e, quando terminamos, sentimos saudade. Não há como não se envolver com Fani, suas descobertas e seus anseios, típicos da adolescência. Uma história bem-humorada e divertida que conquista o leitor a cada página.
Seja a relação com a família, com sigo mesma e com o mundo; seja a convivência com as amigas, na escola e nas festas; seja a relação com seu melhor amigo e confidente. Tudo muda na vida de Estefânia quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou pela internet e os contantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima.
É disto que trata este livro: o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades.
As melhores cenas da vida da Fani podem ainda estar por vir..."


3- A Última Música - Nicholas Sparks
"Aos 17 anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virar de cabeça para baixo quando seus pais se divorciam e seu pai decide morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distantes dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor os filhos passarem as férias de verão com ele na carolina do Norte.
O pai de Ronnie, ex-pianista, vive tranquilamente na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes de o verão acabar.
É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular na cidade, e, conforme vai baixando a guarda, começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade - e dor - jamais sentida.
Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão - o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão -, A Última Música demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras pelas quais o amor é capaz de partir e curar seu coração."


4- A Seleção - Kiera Cass

"Nem todas as garotas querem ser princesas. America Singer, por exemplo, tem uma vida perfeitamente razoável, e se pudesse mudar alguma coisa nela desejaria apenas ter um pouquinho mais de dinheiro e poder revelar seu namoro secreto.
Um dia, America topa se inscrever na Seleção só para agradar a mãe, certa de que não será sorteada para participar da competição em que o príncipe escolherá sua futura esposa. Mas é claro que seu nome aparece na lista das Selecionadas, e depois disso sua vida nunca mais será a mesma..."











5- O Lado bom da Vida - Matthew Quick

"Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele "lugar ruim", Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados".
Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.
Uma história comovente e encantadora, de um homem que não desiste da felicidade, do amor e de ter esperança."




                                                                                                                                    - Fê.


Anti Love Day


Falar sobre o Love Day já está meio sem graça, não é?
Vivemos em uma época mais dinâmica onde muitos não acreditam mais no amor ou em relacionamentos saudáveis e em "felizes para sempre". Pensando nisso, nós fizemos um Top 5 com alguns filmes, músicas e livros que, ou abordam o tema "amor doentio", ou simplesmente nem falam tanto de amor.
Se você é uma pessoa que possui certa alergia aos finais felizes, venha conferir o nosso Anti Love Day :)

Top 5 Filmes:

1- Antes de Dormir
O filme conta a história de Christine que após um acidente não consegue mais se lembrar de nada nem armazenar suas memórias. Passando por uma terapia ela começa a se lembrar do que aconteceu e percebe que as coisas não são bem como parecem.

2- O garoto da casa ao lado
Este fala sobre o amor doentio de Noah por Claire, que está recém separada e acabou de se mudar com o filho. Tudo não passa de uma "aventura", até que as coisas começam a ficar bem sérias e Noah se mostrar um verdadeiro maníaco.

3- Clube da Luta
Jack está cansado da vida que leva e resolve entrar para um grupo de apoio onde conhece Maria(DILA HELENA LINDA <3) e Tyler(Brad lindo <3) que apresenta para ele um grupo secreto onde as pessoas entram para brigar liberando suas energias.

4- Lucy
Quando Lucy aceita transporta drogas em seu estômago, ela não esperava absorvê-las e com isso ela acaba adquirindo poderes e a capacidade do seu cérebro é aumentada.

5- Kick Ass
Dave resolve se tornar um super-herói depois de ficar cansado de sempre apanhar. Portanto ele sai por aí defendendo, ou melhor, tentando defender as pessoas de criminosos. Ele só não esperava se juntar a Big Daddy e Hit Girl que estão em busca de vingança.

Top 5 Músicas

1- Bad Romance - Lady Gaga
"Eu quero sua repulsão, eu quero sua doença, eu quero tudo contanto que seja de graça. Eu quero o seu amor. Amor, amor, amor, eu quero o seu amor."

2- Set Fire to the Rain - Adele
"Mas há um lado seu que eu nunca conheci, nunca conheci. Tudo o que você diria, nunca era verdade, nunca é verdade. E os jogos que você jogaria, você sempre ganharia, sempre ganharia."

3- Cryin' - Aerosmith
 "Eu estava chorando quando te encontrei, agora estou tentando te esquecer. Seu amor é um doce sofrimento. Eu estava chorando só para ter você, agora estou morrendo porque te deixei. Fazer o que você faz me machuca."

4- The Best Damn Thing - Avril Lavigne
"Que você não, não, não vai conseguir nada melhor. Você não, não, não, você não vai se livrar de mim nunca.."

5- Everything Back But You - Avril Lavigne
"Porque você escreveu: Eu gostaria que você fosse ela. E você esqueceu o E. Você partiu sem mim, e agora está em algum lugar com uma vagabunda, prostituta, louca. Eu te odeio, por que os homens tem que ser tão baixos? Tudo o que eu te dei, eu quero tudo de volta menos você."

Top 5 Livros

1- Garota Exemplar

"Amy Dunne desapareceu. No dia de seu quinto aniversário de casamento, seu marido, Nick, encontra a casa revirada e nem sinal da esposa. Tudo indica se tratar de um sequestro, e Nick imediatamente chama a polícia, mas logo as suspeitas recaem sobre ele. Exibindo uma estranha calma e contando uma história bem diferente da relatada por Amy em seu diário, Nick parece cada dia mais culpado, embora continue a alegar inocência.
À medida que as revelações sobre o caso se desenrolam, porém, fica claro que a verdade não é o forte do casal.
Alternando entre os pontos de vista de Nick e Amy, Garota Exemplar - um best-seller que conquistou público e crítica e já vendeu mais de 3 milhões de exemplares em todo o mundo - traça o retrato cruel sobre como as mentiras podem construir um relacionamento. E também destruí-lo."






2 - Objetos Cortantes

"Camille Preaker é repórter em Chicago e, a pedido de seu editor, Frank Curry, retorna a sua pequena cidade natal para investigar um mistério envolvendo a morte de uma menina e o desaparecimento de outra. Curry acredita se tratar de um caso de assassinatos em série que, com uma cobertura perspicaz, daria prestígio e destaque ao jornal.
Hospedada na casa da família, Camille precisa reaprender a conviver com a mãe, o padrasto e a meia-irmã, além de lidar com as memórias difíceis de sua infância e adolescência que tanto quis esquecer.
Enquanto trabalha para descobrir a verdade por trás desses crimes violentos e enviar a matéria para o jornal, Camille acaba se identificando, até demais, com as jovens vítimas. Assim, para terminar o trabalho, manter a sanidade intacta e sobreviver à estadia na cidade natal, a repórter terá que montar o quebra-cabeça psicológico do próprio passado e confrontar o que lhe ocorreu tantos anos antes."



3- Morte Súbita 

"Quando Barry FairBrother morre inesperadamente aos quarenta e poucos anos, a pequena cidade de Pagford fica em estado de choque.
A aparência idílica do vilarejo, com uma praça de paralelepípedos e uma antiga abadia, esconde uma guerra.
Ricos em guerra com os pobres, adolescentes em guerra com seus pais, esposas em guerra com os maridos, professores em guerra com os alunos Pagford não é o que parece ser à primeira vista.
A vaga deixada por Barry no conselho da paróquia logo se torna o catalisador para a maior guerra já vivida pelo vilarejo. Quem triunfará em uma eleição repleta de paixão, ambivalência e revelações inesperadas? Com muito humor negro, instigante e constantemente surpreendente, Morte Súbita é o primeiro livro para adultos de J.K. Rowling, autora de mais de 450 milhões de exemplares vendidos."





4- As Crônicas do Gelo e Fogo: A Guerra dos Tronos

"Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, aceita a prestigiada posição de Mão do Rei oferecida pelo velho amigo, o rei Robert Baratheon, não desconfia que sua vida está prestes a ruir em sucessivas tragédias. Sabe-se que Lorde Stark aceitou a proposta porque desconfia que o dono anterior do título fora envenenado pela manipuladora rainha - uma cruel mulher do clã Lannister - e sua intenção é proteger o rei. Mas ter como inimigo os Lannister pode ser fatal: a ambição dessa família pelo poder parece não ter limites e o rei corre grande perigo. Agora, sozinho na corte, Eddard percebe que não só o rei está em apuros, mas também ele e toda sua família."








5- O Assassinato no Expresso do Oriente

"Viajando no luxuoso Expresso do Oriente, Hercule Poirot é abordado por Ratchett, um americano desesperado que teme pela própria vida. Efetivamente o pior acontece, e o sujeito é encontrado morto com 12 facadas em sua cabine. Então, o famoso detetive belga precisa pôr sua massa cinzenta para funcionar a fim de reunir as pistas que o levarão ao assassino. No fim, uma surpresa: depois de se debruçar sobre uma complicada trama que envolve mentiras e falsos indícios, Poirot apresenta não uma, mas duas geniais soluções para o crime."






                                                                                                                                - Tink e Nina.
Beijinhos e até a próxima!!!!
                                                                                                    - Equipe Além das Palavras.

Minha caixa de correio Maio/Junho 2015





Beijinhos e até a próxima!!
                                                                                                                             Fê.